(79) 99939-6921

japoatafm@gmail.com

Japoatã - SE

OUÇA

Quase 120 mil títulos estão cancelados em SE; saiba como regularizar – O Caju

 Quase 120 mil títulos estão cancelados em SE; saiba como regularizar – O Caju

De acordo com os dados levantados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SE), quase 120 mil títulos estão cancelados no Estado. O quantitativo refere-se, majoritariamente, aos eleitores que não compareceram nas últimas três eleições, não justificaram e não pagaram as respectivas multas. Cada turno conta como uma eleição independente.
Os cidadãos em situação de cancelamento ficam impedidos de votar, de obter passaporte, de participar de concorrência pública ou administrativa estatal. Em adição, os eleitores em situação irregular perante a Justiça Eleitoral ficam impossibilitados de ser nomeados em concurso público, entre outros impedimentos.
Já os eleitores cujos títulos não se enquadram na situação de cancelamento, porém possuem pendências (multa por ausência às urnas), podem e devem participar do pleito. Para resolver essa e outras situações, de forma rápida e prática, o cidadão deve acessar os serviços oferecidos pelo órgão, através do site: autoatendimento do eleitor.
Atendimento presencial
Os eleitores de Aracaju que desejarem atendimento presencial devem comparecer à Central de Atendimento ao Eleitor, cujo atendimento está sendo feito, provisoriamente, no complexo desportivo do SESI, situado na Rua João Ávila Neto, Distrito Industrial de Aracaju – entrada pela Av. Tancredo Neves, vizinho à Coca-Cola.
Os eleitores do Interior de Sergipe devem procurar a Zona Eleitoral com abrangência no respectivo município. A lista com os endereços e os contatos de todas as Zonas Eleitorais do Estado serão no próximo link. Relação de ZEs de Sergipe.
Informações completas sobre documentação necessária e demais procedimentos para o atendimento estão disponíveis no link a seguir: Carta de Serviços ao Eleitor.
A chefe do Núcleo de Atendimento ao Eleitor, a analista judiciária Ana karla Carvalho Monteiro Nascimento, destacou a crescente procura por parte do eleitorado sergipano. “Nossa Central de Atendimento vem registrando um fluxo considerável de eleitores em busca de regularização do cadastro. Nossa recomendação é que não deixem para a última hora, pois nas semanas que antecedem ao fechamento do cadastro é comum a formação de longas filas de pessoas em busca de regularização”, alertou Ana Karla. A chefe do Núcleo de Atendimento ao Eleitor conversou com a imprensa sergipana dando ampla publicidade ao assunto.
Fonte: TRE-SE
Foto: TSE

source